Biografia

Luiza Possi 

Acostumada aos palcos desde o ventre, Luiza Possi teve um grande batismo na carreira artística. Ainda recém-nascida, na época em que freqüentava os estúdios no colo de sua mãe Zizi, seu choro ficou registrado numa das gravações de 'Luiza', clássico de Tom Jobim, realizado há quase duas décadas. 

Aquilo seria um sinal da carreira que construiria. Durante a adolescência, Luiza cantou em várias bandas e participou de diversos festivais e concursos. Até que, em 2002, lançou “Eu Sou Assim”, estreia de sucesso sob a chancela da Indie Records e a benção de Rick Bonadio como produtor.

Os prêmios não demoraram a vir e, no mesmo ano, Luiza foi vencedora do Prêmio Multishow (categoria Revelação), Super Cap de Ouro (Melhor Cantora) e do Prêmio da Academia Brasileira de Letras (Revelação). Cantou com Alceu Valença a música “Tesouro do Desejo” que já havia sido gravada pela mãe. Com ela dividiu o palco nos shows da turnê do CD e DVD “BOSSA”, do qual também participou. 

Em 2004 ela trouxe ao público um novo disco, “Pro Mundo Levar”, abrindo suas asas e deixando as canções voarem no compasso de sua musicalidade. Vários compositores e ela mesma assinam as autorias, destaque para “Bali Hi”, onde assina como compositora em parceria com Nelson Júnior e em “Só Pra Te Dizer Não”, como arranjadora e versionista.

Antes de seu terceiro trabalho, “Escuta” (2006), Luiza mergulhou fundo em estudos e leituras sobre a música brasileira. Retomou as aulas de canto lírico, dedicou-se ao piano, pesquisou as raízes da música do Brasil e encontrou um caminho para sua verdadeira identidade musical. Violões, violoncelos, viola portuguesa, bandolins e baixo acústico invadiram o estúdio e Luiza explora sua veia de compositora em  “Beijos e Velas” e “Desenganos”, em parceria com Nelson Jr.

E é assim que, com apenas 23 anos, Luiza chegou ao CD/DVD “A Vida é Mesmo Agora”. Gravado no Teatro Municipal de Niterói, o projeto contou com a participação especial de Hebert Vianna e reúne canções dos três trabalhos anteriores. Há também versões como a música “No Voy a Ser Yo”, de Jorge Drexler e Kevin Johansen, feita especialmente por Paulinho Moska para Luiza; “Mulher Segundo Meu Pai”, de Itamar Assumpção, entre outras. “Me Faz Bem”, de Drexler, foi gravada especialmente para esse trabalho. 

Em 2009, os fãs são brindados com “Bons Ventos Sempre Chegam”, álbum produzido por Max Viana, que traz seis músicas de autoria da própria Luiza, cinco em parceria de Dudu Falcão, e uma inédita só dela. Além de uma música inédita de Paulinho Moska, há também “Ao Meu Redor”, composição de Samuel Rosa (Skank) com Chico Amaral, regravações de Lula Queiroga e Godofredo Guedes, e uma participação de Lokua Kanza, da República Democrática do Congo.

O primeiro single desse álbum, “Eu Espero”, estourou nas rádios do Brasil antes mesmo do lançamento do CD, o clipe da música ficou em primeiro lugar entre os mais votados do site da MTV. Na parada na TV, o vídeo chegou a alcançar o posto de terceiro lugar do programa MTV Music.

A segunda música de trabalho foi “Tudo Certo” e Luiza também gravou o clipe da canção “Vou Adiante”. O vídeo foi gravado em Los Angeles, com direção de Thiago Gadelha e Blake Barrie, criadores da série de TV “Small Bits Of Happiness”, e figurino de Trish Summerville, personal stylist de celebridades como Brad Pitt, Pink, Christina Aguilera, Paris Hilton, entre outros.

Apesar de se consagrar como artista da MPB, Luiza Possi alcança um amplo público tanto em termos de faixa etária como de classe social. Isso se deve ao apelo radiofônico de suas músicas, sempre presentes no Top 10 de rádios de música brasileira, como por ter vários de seus hits em novelas de grande apelo popular. Entre elas estão “Chocolate Com Pimenta”, novela veiculada às 18h em que teve versões em inglês e português de “(Somewhere) Over The Rainbow”; e novelas como “Mulheres Apaixonadas” (com o hit “Eu Sou Assim”) e “Senhora do Destino”  (com a música “Tudo Que Há De Bom” (Traveling Alone) ). 

Luiza participou da bancada de jurados do programa Ídolos, da Rede Record em 2011

No dia 29 de abril de 2011 Luiza gravou o DVD “Seguir Cantando”, que foi lançado em setembro do mesmo ano, em coprodução com o Canal Brasil e com direção de Pablo Uranga. O repertório foi escolhido a dedo por ela. Entre as músicas que estão no DVD estão “Vem Ver” (Pedro e Rita Altério), “Deixa Estar” (Tó Brandileone), “Abençoador” (Paulo Novaes) e “Dias com Mais Horas” (Luiza Possi e Dudu Falcão), e também versões de sucessos como “O Portão” (Roberto Carlos) e “Maneiras” (de Chico da Silva, famosa nos vocais de Zeca Pagodinho), “Desculpe o Auê” (Rita Lee), todas inéditas em sua voz, sem deixar de lado “Folhetim” (Chico Buarque), já cantada por Luiza nas últimas turnês. Aliás, as músicas que consagraram a carreira de Luiza também farão parte do DVD. Entre elas, “Eu Espero” e “Tudo Certo”. 

Duas grandes participações emocionaram o público. Zizi Possi, que sobiu ao palco para cantar com a filha “O Amor vem pra cada” e “Cacos de Amor”, e Ivete Sangalo que cantou “O Circo Pega Fogo” e “Azul (Djavan) no bis. 

Em 2012, Luiza participou como assistente do técnico Daniel no programa The Voice, na Rede Globo, e viajou o Brasil apresentando a turnê “Seguir Cantando”. O sucesso foi tanto que o convite para a segunda edição do programa foi certo, e Luiza seguiu como assistente de Daniel no The Voice em 2013.

No fim de 2013, a cantora lançou o disco “Sobre Amor e o Tempo”. Produzido por Dadi, o sétimo disco da carreira de Luiza chegou às lojas com músicas de Lulu Santos, Marisa Monte, Adriana Calcanhoto, Erasmo Carlos e também de sua própria autoria, entre outros. A primeira música de trabalho é 'Tempo em Movimento', que conta com a assinatura de Lulu Santos e Nelson Motta e já está tocando nas rádios de todo o Brasil.